Exposição coletiva marca o lançamento da Temporada 2019 da Galeria Lava Pés

A curadoria é do superintendente de patrimônio da Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer de Mato Grosso, Vicente de Paulo, que destaca as principais características da exposição. “A riqueza de linguagens define bem. Entre as obras teremos esculturas em argila e ferro, arte naif, pinturas sacras e reproduções do futebol e das festas populares. Entre formas e cores, os artistas trazem referências culturais e encantos da enriquecedora intimidade com a arte”.

Para o secretário Allan Kardec, depois da reinauguração do Museu de Arte Sacra de Mato Grosso – no início do mês de fevereiro – o lançamento da Temporada 2019 da Galeria Lava Pés acentua o comprometimento da gestão com as questões museológicas.

“Esta é a primeira de muitas exposições que teremos na Galeria Lava Pés, este ano. Há menos de um mês, reabrimos as portas do Museu de Arte Sacra de Mato Grosso e, agora, uma bela exposição, cheia de personalidade, abrilhanta mais uma estreia dedicada às artes visuais. A proposta é valorizar a arte regional e sua diversidade, unindo gerações de artistas e promovendo o intercâmbio de saberes entre a experiência e novos talentos. Ah, e já estamos preparando uma nova exposição, a partir de maio. Aguardem que vem coisa muito boa por aí”, adianta o secretário de Cultura, Esporte e Lazer de Mato Grosso, Allan Kardec.

Inaugurada em 28 de outubro de 2015, a Galeria de Artes Lava Pés é um equipamento cultural de Cuiabá. Localizado no piso térreo da Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel), o espaço possui 350 metros quadrados de área e está equipado para receber exposições nos mais variados suportes.

Entre Formas e Cores

A exposição coletiva que estreia esta semana na Galeria Lava Pés destaca artistas de diferentes gerações e valoriza a diversidade de linguagens que enriquece as artes visuais em Mato Grosso. “Um significativo encontro de artistas. Uma exposição que expressa percepções variadas com habilidades singulares, oferecendo diferentes linguagens que se interligam, conceitualmente, valorizando sempre as tradições e características marcantes da nossa cultura”, revela o secretário adjunto, Paulo Traven.

Entre os artistas convidados, Janderson Cavalcanti é um dos novos talentos que descobriu nas esculturas, habilidade para transformar sucata (peças de ferro de bicicletas, carro e motores) em obras de arte.

Já Rosylene Pinto trabalha escultoras e pintoras, trazendo para a exposição coletiva, peças em argila com traços da cultura mato-grossense e formas hiperativas.

Rimaro, conhecida por seus trabalhos de arte Naif (primitiva), apresenta obras com forte apelo às tradições regionais. Seu trabalho já garantiu participação em salões de várias cidades do país, sempre ganhando prêmios e homenagens.

Sobre o artista Benedito Silva, possui uma produção intensa e retrata a regionalidade com obras coloridas e bem definidas. O abstracionismo e as cores são características marcantes de seu trabalho.

Zé Pereira é o artista do futebol, das festas de santo, das perspectivas. Suas obras naif se destacam pela riqueza de detalhes e singeleza.

Por fim, Osires Paulo, talentoso artista que já representou o Estado em uma exposição coletiva em Paris, na França. Destaca-se por usar muitas cores quentes, uma metáfora ao calor de Cuiabá.

Serviço

Tema: Abertura da Temporada 2019 da Galeria Lava Pés

Quando: 27/02 (quarta-feira)

Horário: a partir das 20h

Quem pode participar: Livre para todas as idades/ Entrada franca

Local: A Galeria de Artes Lava Pés é um dos equipamentos culturais da Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer. Está localizada na Avenida José Monteiro de Figueiredo (Lava Pés), 510, Duque de Caxias, em Cuiabá, aberta ao público de segunda à sexta-feira, sempre das 8h às 18h.

Outras informações: (65) (65) 3613-0225/0209 ou (65) 98425-1443 (whatsApp – Imprensa)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

contato: contato@airnews.com.br / fones: +55 (65) XXXX-XXXX ou +55 (65) XXXXX-XXXX