Grupo faz protesto após morte de 36 animais supostamente envenenados em MT

Um grupo de manifestantes protestou, no sábado (23), em Alta Floresta, a 800 km de Cuiabá, contra a morte 36 animais supostamente envenenados no município. O ato foi organizado pela Comissão de Proteção e Defesa dos Animais da Ordem dos Advogados do Brasil, em Alta Floresta.

Entre janeiro e fevereiro, 36 animais (entre cães e gatos) foram encontrados mortos no município.

Durante o ato, foram arrecadadas doações de rações e dinheiro para a manutenção do trabalho dos voluntários do Grupo Amamos Animais.

Ao todo, foram arrecadados 392 kg de ração, 7 kg de petiscos e R$ 726,95 em dinheiro.

As mortes começaram a ser registradas no dia 10 de janeiro. Segundo os donos, os animais não apresentavam sintomas de doenças e, antes de morrerem, tiveram convulsões e uma baba espessa branca na boca.

A Polícia Civil tem oito boletins de ocorrência registrados. Em um deles, a moradora cita que em apenas um bairro foram mortos 15 cachorros.

Na tentativa de esclarecer esses casos, o grupo Amamos Animais encaminhou amostras de um dos animais para exames.

O grupo está oferecendo recompensa de R$ 1,2 mil pra quem tiver informações precisas, que possam ajudar a polícia a esclarecer essas mortes. Além disso, um empresário do município também oferece recompensa de R$ 2 mil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

contato: contato@airnews.com.br / fones: +55 (65) XXXX-XXXX ou +55 (65) XXXXX-XXXX